• 5 dicas para planejar sua atividade em Marketing Digital

     

    Muito se tem falado sobre Marketing Digital. De fato, o assunto é vasto e atrai profissionais e entusiastas de diversas áreas de atividade. Ainda, com o crescimento das ferramentas on line, a presença das empresas no mundo digital só tem aumentado, o que acentua as discussões sobre ferramentas de marketing, neste meio. Como exemplo, 92,1% das empresas brasileiras estão presentes em alguma rede social, conforme pesquisa Social Media Trends 2017, publicado pela empresa Rock Content.

    Entretanto, somente o fato de estar presente nas Redes Sociais já não é mais requisito para alcançar sucesso, afinal, a grande quantidade de conteúdos e públicos acabam dispersando ações mal estruturadas, além da alta demanda para frequência de postagens e monitoramento de comentários, por exemplo. Desta forma, qual a maneira mais correta para organizar sua atividade de Marketing Digital?

    O que é Marketing Digital

    Inicialmente, vamos definir o que é o Marketing Digital. Para facilitar nosso entendimento, podemos conceituar o Marketing Digital como sendo uma aplicação dos conceitos e estratégias de marketing, em plataformas digitais (sites, hotsites, blogs, e-mail, realidade aumentada, realidade virtual, games, redes sociais digitais, e etc.

    Planeje!

    Planejar suas ações é o meio mais adequado para que o trabalho nas redes sociais tenha sucesso e alcancem os seus objetivos. Abaixo, vou listar 5 itens que seu planejamento de Marketing Digital deve ter. Vamos lá:

    1. Definir seu público.
    2. Identificar Objetivos
    3. Criar Estratégias
    4. Implementar
    5. Medir resultados.

    Numa próxima postagem falaremos sobre cada uma das etapas deste planejamento. Acompanhe!

    Elcio Fernando Del Prete Miquelino: Bacharel em Comunicação Social, Publicitário. Especialista em Marketing e MBA em Marketing. É Consultor em Marketing e sócio de agência de publicidade. Docente da Unilins – Centro Universitário de Lins. Coordenador dos Projetos de TCC do curso de Bacharelado em Marketing. Autor do livro ‘O Marketing e a nova Economia’.

    Espalhe por ai:
  • Primeiro emprego

    Vamos falar de PRIMEIRO EMPREGO?

    Uma das maiores preocupações e dificuldade para você que é jovem, é a conquista do tão sonhado primeiro emprego, não é mesmo?

    Para te ajudar nesta etapa importante da sua vida, preparei 8 dicas especiais, se liga:

    1. Pense em qual será o seu objetivo. Exemplo: emprego na área administrativa, na área de finanças, produção, marketing, jurídico, ou a atividade profissional que você mais se identifica. Todas as profissões têm seu valor e importância.

    2. Procure por cursos na área escolhida. Atualmente existem vários cursos presenciais e a distância, inclusive gratuitos. Frequente os cursos e se empenhe no aprendizado. Se possível, faça uma faculdade e procure por oportunidades de estágio.

    3. Construa o seu currículo e tenha-o sempre em mãos, pelo menos a versão digital.

    4. Conheça pessoas, converse, faça amigos e mantenha relacionamento.

    5. Torne seu nome e imagem conhecidos: edite e faça um blog, escreva para um blog existente, canal/perfil/página no Youtube, Instagram, Facebook, Linkedin ou outro meio, sobre o assunto escolhido no item 1.

    6. Faça um cartão de visitas.

    7. Evite postagens com muito “besteirol” nos seus perfis nas redes sociais .

    8. Procure pelas vagas e, converse com pessoas que podem te indicar para vagas: professores, empresários, gerentes, influenciadores.

    E aí, gostou? Espero que você consiga o seu primeiro emprego e que dê tudo certo em sua carreira.

    Ah, nas próximas postagens darei dicas de como fazer o seu currículo e de como você pode empreender.
    Me acompanhe por aqui.

    Elcio Fernando Del Prete

    Espalhe por ai:
  • Você está monitorando sua atividade nas redes sociais?

    Toda atividade profissional nas redes sociais requer monitoramento constante de vários itens, tais como:

    • Configurações gerais da conta, página e perfil, bem como imagens de capa.
    • Palavras-chave utilizadas e correlação com o SEO de seu site e blog.
    • Qualidade, alcance e nível de engajamento do Conteúdo publicado.
    • Qualidade das fotos, imagens e artes criadas, de acordo com sua marca e identidade.
    • Análise das métricas da página na rede social. Retorno sobre o investimento em ads e impulsionamentos.
    • Resposta e atenção aos comentários, críticas e dúvidas. E aí, você tem dado devida atenção ao perfil da sua empresa, nas redes sociais?

     

    Espalhe por ai:
  • O Facebook lançará sua plataforma para namoros

    O #facebook lançará sua plataforma para namoros.

    Em breve, a empresa de Mark Z. disponibilizará seu FaceDate, um recurso e plataforma para conquistas amorosas. Nele, perfis de solteiros /solteiras poderão criar um perfil adicional que só será visível por pessoas que também optaram por procurar por pessoas.

    O que acham? Será o fim de Badoo, Tinder e outros?

    Fonte da imagem: encurtador.com.br/qBY29

    Espalhe por ai:
  • Um ano decisivo para o Facebook

    Em sua publicação do mês de março de 2018, A revista americana Wired – um dos principais periódicos mundiais sobre tecnologia – , faz uma abordagem muito interessante acerca de Mark Zuckerberg e Facebook.

    A matéria, ilustrada pela fotomontagem criada pelo artista Jake Roland a partir de uma sobreposição de 4 fotografias (sendo uma apenas a de Zuckerberg) e reproduzida nesta postagem, mostra o CEO do #facebook abatido e ensanguentado. “É uma mistura de fato com ficção’, de acordo com Roland.

    Na verdade, a publicação faz um paralelo entre o crescimento da manipulação de informações e imagens online, cada vez mais difíceis de serem percebidos. Ainda, a matéria mostra, com preocupação, como o digital tem influenciado o mundo físico, sobretudo na política.

    É certo ainda que o ano de 2018 será fundamental para o Facebook, pressionado pela redução da qualidade de conteúdos (excesso de correntes, piadas, postagens fakes e etc) e também na quantidade de #publicidade.

    Aliás, este é justamente um item para ser acompanhado. Se por um lado o Facebook pretende limitar os anúncios publicitários nos perfis, em detrimento da qualidade do seu conteúdo, por outro, impõem às empresas uma necessidade cada vez maior de investimentos para alcançar seus objetivos dentro da rede sociais e, desta forma, pode revelar um grande “tiro no pé”.

    Assim, este ano será determinante para o #futuro do Facebook e seu posicionamento enquanto empresa de #mídia.

    Por Elcio Fernando Del Prete

    Wired / Jake Roland

     

    Espalhe por ai: