• Live “Sobrevivência das Empresas em tempo de pandemia – como levar os clientes para o mundo digital

    Na noite de quarta-feira, 20 de maio, foi realizada uma LIVE, nas dependências da Unilins, que contou com a participação dos professores Elcio Fernando, Renato Menezes e Vorlei Guimarães, com mediação feita pelo professor Erick Ruas.

    O tema foi “Sobrevivência das Empresas em tempo de pandemia – como levar os clientes para o mundo digital”, abordou os principais aspectos que estão dificultando a sobrevivência das empresas em razão do isolamento social causado pelo coronavírus.

    Perdeu a live? Clique no link abaixo para assistir:

    https://cutt.ly/iyOE9wE

    Texto: Unilins.

    Espalhe por ai:
  • Market Place


    O varejo é a atividade de negócios que pressupõe a venda fracionada, em pequenas quantidades e com atendimento individualizado ao consumidor. De acordo com Parente (2000) o varejo é o tipo de negócio na qual a atividade principal consiste na venda de produto ou serviço para o consumidor final. Ainda, para Giuliani (2003), os serviços que compreendem o varejo incluem a venda de estadia de hotel, exames médicos, cortes de cabelo, delivery de pizza, dentre outros.

    Desta forma, podemos contextualizar o varejo em dois tipos: de produtos, de serviços e/ou de ambos. Entretanto, esta não é a única maneira de classificar o varejo, pois, em Levi e Weitz (2000) temos que o varejo pode ser categorizado como sendo “com loja” e “sem loja”. A diferença entre os dois se dá na virtualização , pois, enquanto o varejo “com loja” contempla a existência de um estabelecimento dotado de instalações concretas (físicas) para o atendimento dos consumidores e compra e venda dos produtos e/ou serviços, o varejo “sem loja” utiliza do ambiente da internet como mediadora da relação de consumo (compra e venda). Este, então possui caraterísticas centralizadas na ideia de no matter, no place e no time – sem matéria, em qualquer lugar e a qualquer horário – ou como menciona Negroponte (1995 apud GABRIEL, 2010, p. 105) “que temos dois tipos de ambiente: o formado de bites e bytes (ambientes digitais) e os formados de átomos (ambientes materiais)”.
    Por ser um ambiente completamente distinto e dispor da condição descrita acima, o varejo “sem loja” exige desenvolvimento estratégico diferenciado, que inclui ferramentas de marketing digital e e-commerce. No ambiente digital, o marketing possui uma grande quantidade de ferramentas e plataformas para utilização estratégica, conforme Gabriel (2010) e, uma destas ferramentas é o Market Place.

    Com o avanço da internet e a proliferação de sites de vendas, a quantidade de empresas e pessoas que interagem diuturnamente é enorme. Estima-se que no Brasil exista em torno de 930 mil sites de e-commerce e, todos perfazem um ambiente competitivo e com taxas elevadas de crescimento anuais. Assim, estabelecer locais ou espaços de compra e venda de produtos e serviços faz-se necessário para atingir públicos-alvo cada vez mais exigentes e seletivos. A ideia do Market Place está em alocar espaços em sites de grandes empresas, as quais alugam este espaço para empresas menores (parceiros), mediante comissionamento sobre a venda. As vantagens da estratégia para ambos estão no aumento do mix de produtos sem a necessidade de onerar custos de estocagem e com realização de ganho de comissão sobre as vendas, para quem cede o espaço, e aumento da visibilidade e liquidez de vendas para a empresa parceira – que atua dentro de varejistas de maior porte.

    “1…a virtualização pode ser definida como a criação de um ambiente virtual que simula um ambiente real, propiciando a utilização de diversos sistemas e aplicativos sem a necessidade de acesso físico…”. Fonte: AMARAL. Fábio. O que é virtualização. Tecmundo. 2009. Disponível em: https://www.tecmundo.com.br/web/1624-o-que-e-virtualizacao-.htm. Acesso em 03 de abril de 2020.

    1. Fonte: PEZZOTTI. Renato. Brasil tem 930 mil sites de e-commerce, aponta estudo. Uol. 2019. Disponível em: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/07/04/e-commerce-cresce-375-no-brasil-lojas-online-ja-sao-quase-1-milhao.htm. Acesso em 03 de abril de 2020.

    Espalhe por ai:
  • Como aparecer no Google?

    Pequenos empreendedores já entenderam que precisam estar online para poder continuar ganhando a vida com seus negócios, mas a pergunta que fica no ar principalmente para quem está começando agora é: como aparecer no google sem ter que gastar rios de dinheiro com anúncios?

    A resposta é fácil mas não é simples!

    Fazendo SEO ou seja, otimizando o seu site para os motores de busca.

    Sendo um pouco mais clara… se você quiser aparecer nas primeiras páginas do google sem precisar pagar para que ele te coloque lá, é necessário que você “prove” para ele que o seu site é exatamente isso que as pessoas estão procurando.

    Para que você mostre ao google que o seu site é o melhor, você precisa atender ao conjunto de regras de otimização. Mas se só atender fosse suficiente todo mundo tinha que estar na primeira página e infelizmente não existe espaço para isso, afinal só cabem 10 websites na primeira página de resultados.

    Além disso, esse conjunto de regras é bem complexo, você vai precisar mudar a estrutura do site, mudar o texto, encontrar backlinks (muitos backlinks), fazer sitemap, estar presente em diretórios e muito mais.

    Com tanta coisa para fazer o pequeno empreendedor acha que ele sozinho não irá conseguir.

    a rankingCoach veio desmistificar essa questão e mostrar para cada empreendedor que ele também consegue otimizar o seu próprio site.

    Através do aplicativo rankingCoach você consegue ter uma visão geral de tudo que precisa ser mudado no seu website, e ainda te guia passo a passo através de vídeos tutoriais. Você não precisa entender de programação, a rankingCoach te mostra como fazer cada coisa e a sua parte é ser criativo na hora de criar o seu conteúdo usando as palavras-chaves.

    A importância das palavras-chaves

    As palavras que você usa no seu site, é o que vai trazer o público alvo até você.

    Como você bola os textos, os títulos, os cabeçalhos, é assim que você também explica para o algoritmo sobre o seu negócio.

    Algumas pessoas confundem um pouco achando que palavra chave tem que ser uma palavra só, mas isso não é bem assim. Palavras chaves com até 3 palavras, as chamadas palavras chaves de cauda longa, são bem mais eficientes do que um palavra sozinha.

    Ex: Massagem abhyanga Campinas

    Essa é uma palavra composta de 3 elementos que especificam melhor o seu negócio do que somente

    Ex: Massagem abhyanga

    Porque só o segundo exemplo é muito genérico e não vai atrair potenciais clientes que realmente estejam perto de você e possam vir fazer a sua massagem.

    Mesmo com muitas marcas de médio porte, os consumidores tendem a usar termos mais abertos para encontrar o que estão procurando. De acordo com o rankingCoach, quando a maioria das pessoas está à procura de férias de baixo custo, é muito mais provável que escrevam em voos baratos quando procura voos de baixo custo do que o nome das companhias aéreas menores.

    Entendeu um pouco essa questão das palavras? Uma empresa online pode ter um excelente site, mas Marketing Digital não é tão simples quanto fazer seu site aparecer como o principal resultado quando alguém digita o nome de sua empresa, A menos que você seja uma marca importante como Coca-Cola, Apple, os termos de busca que os clientes em potencial usam para encontrar seu site ou produtos não serão específicos da marca ou do produto.

    Você precisa entender como o seu potencial cliente vai procurar pelo seu negócio na internet. As vezes ele não conhece o termo certo, então vai procurar por um sinônimo.

    O que são backlinks?

    Backlinks são links posicionados estrategicamente em um texto para guiar o leitor até a sua página do blog ou site que tenha um conteúdo relevante ao que está lendo. O intuito é expandir o conhecimento do leitor e, ao mesmo tempo, gerar tráfego de qualidade para o blog.

    E sim você precisa ter muitos backlinks gerando tráfego para seu site.

    É como se você mostrasse para o Google que tem bastante gente falando de você e se tem gente falando de você é porque você tem algo bom para oferecer.

    Backlinks são muito importantes na sua estratégia de otimização. É por isso que é muito importante fazer parcerias com blogueiros que atuam na sua área. Porque essas pessoas são consideradas pelo algoritmo como “autoridade” na sua área e ter o link do seu site no blog delas é altamente valioso.

    SEO é um conjunto muito extenso de práticas de otimização. Mas a gente deu conta de cobrir 2 dos mais importantes pontos.

    Para entender melhor é só acessar https://www.rankingcoach.com/pt-pt

    Espalhe por ai:
  • Como aparecer no Google?

    Pequenos empreendedores já entenderam que precisam estar online para poder continuar ganhando a vida com seus negócios, mas a pergunta que fica no ar principalmente para quem está começando agora é: como aparecer no google sem ter que gastar rios de dinheiro com anúncios?

    A resposta é fácil mas não é simples!

    Fazendo SEO ou seja, otimizando o seu site para os motores de busca.

    Sendo um pouco mais clara… se você quiser aparecer nas primeiras páginas do google sem precisar pagar para que ele te coloque lá, é necessário que você “prove” para ele que o seu site é exatamente isso que as pessoas estão procurando.

    Para que você mostre ao google que o seu site é o melhor, você precisa atender ao conjunto de regras de otimização. Mas se só atender fosse suficiente todo mundo tinha que estar na primeira página e infelizmente não existe espaço para isso, afinal só cabem 10 websites na primeira página de resultados.

    Além disso, esse conjunto de regras é bem complexo, você vai precisar mudar a estrutura do site, mudar o texto, encontrar backlinks (muitos backlinks), fazer sitemap, estar presente em diretórios e muito mais.

    Com tanta coisa para fazer o pequeno empreendedor acha que ele sozinho não irá conseguir.

    a rankingCoach veio desmistificar essa questão e mostrar para cada empreendedor que ele também consegue otimizar o seu próprio site.

    Através do aplicativo rankingCoach você consegue ter uma visão geral de tudo que precisa ser mudado no seu website, e ainda te guia passo a passo através de vídeos tutoriais. Você não precisa entender de programação, a rankingCoach te mostra como fazer cada coisa e a sua parte é ser criativo na hora de criar o seu conteúdo usando as palavras-chaves.

    A importância das palavras-chaves

    As palavras que você usa no seu site, é o que vai trazer o público alvo até você.

    Como você bola os textos, os títulos, os cabeçalhos, é assim que você também explica para o algoritmo sobre o seu negócio.

    Algumas pessoas confundem um pouco achando que palavra chave tem que ser uma palavra só, mas isso não é bem assim. Palavras chaves com até 3 palavras, as chamadas palavras chaves de cauda longa, são bem mais eficientes do que um palavra sozinha.

    Ex: Massagem abhyanga Campinas

    Essa é uma palavra composta de 3 elementos que especificam melhor o seu negócio do que somente

    Ex: Massagem abhyanga

    Porque só o segundo exemplo é muito genérico e não vai atrair potenciais clientes que realmente estejam perto de você e possam vir fazer a sua massagem.

    Mesmo com muitas marcas de médio porte, os consumidores tendem a usar termos mais abertos para encontrar o que estão procurando. De acordo com o rankingCoach, quando a maioria das pessoas está à procura de férias de baixo custo, é muito mais provável que escrevam em voos baratos quando procura voos de baixo custo do que o nome das companhias aéreas menores.

    Entendeu um pouco essa questão das palavras? Uma empresa online pode ter um excelente site, mas Marketing Digital não é tão simples quanto fazer seu site aparecer como o principal resultado quando alguém digita o nome de sua empresa, A menos que você seja uma marca importante como Coca-Cola, Apple, os termos de busca que os clientes em potencial usam para encontrar seu site ou produtos não serão específicos da marca ou do produto.

    Você precisa entender como o seu potencial cliente vai procurar pelo seu negócio na internet. As vezes ele não conhece o termo certo, então vai procurar por um sinônimo.

    O que são backlinks?

    Backlinks são links posicionados estrategicamente em um texto para guiar o leitor até a sua página do blog ou site que tenha um conteúdo relevante ao que está lendo. O intuito é expandir o conhecimento do leitor e, ao mesmo tempo, gerar tráfego de qualidade para o blog.

    E sim você precisa ter muitos backlinks gerando tráfego para seu site.

    É como se você mostrasse para o Google que tem bastante gente falando de você e se tem gente falando de você é porque você tem algo bom para oferecer.

    Backlinks são muito importantes na sua estratégia de otimização. É por isso que é muito importante fazer parcerias com blogueiros que atuam na sua área. Porque essas pessoas são consideradas pelo algoritmo como “autoridade” na sua área e ter o link do seu site no blog delas é altamente valioso.

    SEO é um conjunto muito extenso de práticas de otimização. Mas a gente deu conta de cobrir 2 dos mais importantes pontos.

    Para entender melhor é só acessar https://www.rankingcoach.com/pt-pt

    Espalhe por ai:
  • Sites com maior quantidade de acessos, no Brasil

    Você sabe quais os sites mais acessados no Brasil?

    E o ranking de buscas no Google?

    O anuário Digital 2020 Brazil, elaborado pela hotsuite é bem completo e apresenta todas essas informações e muitas outras também.

    Segue imagem com os dados relativos às perguntas acima.

    Espalhe por ai: