• Marketing: arte ou ciência?

    Muita polêmica surge quando o assunto em questão é discutido. Mas, afinal, o Marketing é uma arte ou uma ciência?

    Marcos Cobra, em sua obra “Marketing Básico”, publicado pela Editora Atlas, apresenta argumentos que facilitam a opinião sobre o dilema acima. Primeiramente é importante diferenciar “ciência pura” de “ciência aplicada”. As ciências puras são as chamadas “fundamentais”, ou as que descrevem conhecimentos básicos sobre as coisas, sendo demonstradas a partir de experimentos. As “ciências aplicadas“ tratam da utilização dos conhecimentos em aplicações práticas para o ser humano. As ciências em geral são conjuntos de conhecimento e práticas sistemáticas.

    O Dicionário Larousse Cultural conceitua ciência como “Conhecimento, arte, habilidade. Conjunto organizado de conhecimentos relativo à determinada área do saber, caracterizado por metodologia específica. Conhecimento que se obtém através de leituras, de estudos; instrução, erudição. Conhecimento prático para uma dada finalidade”.

    Já o dicionário Aurélio define: Ciência [Do lat. scientia.] Conhecimento. Saber que se adquire pela leitura e meditação; instrução, erudição, sabedoria. Conjunto organizado de conhecimentos relativos a um determinado objeto, especialmente os obtidos mediante a observação, a experiência dos fatos e um método próprio. Soma de conhecimentos práticos que servem a um determinado fim.

    Ciência é, em resumo, conforme (BUZZELL, apud, COBRA, 1997, P. 26) “um conjunto classificado e sistematizado de conhecimentos… organizado através de uma ou mais teorias centrais e um número de princípios gerais… usualmente expresso em termos quantitativos… conhecimentos que permitem a predição e, sob certas circunstâncias, o controle de eventos futuros.” Assim sendo, Buzzell afirma que o marketing possui requisitos centrais para ser classificado como ciência, portanto, Marketing é uma ciência. Nesta mesma assertiva, Yanaze ( 2007) afirma que ”Marketing é um conjunto de conhecimentos exaustivos, racionais, precisos e coordenados, que tem teoria própria e usa não só a observação, mas também a experimentação, para comprovar suas hipóteses – o que o assemelha às ciências exatas”.

    Entretanto, como disse no início do post, o tema é polêmico. Alguns autores não entendem o marketing como uma ciência, por exemplo, Kenneth D. Hutchinson (Cobra, 1997) afirma que o marketing desenvolveu-se como um conjunto único de teoria e que ele é uma arte ou uma prática, não sendo necessariamente, uma ciência.

    Em minha opinião, o conceito do marketing é bem amplo e inclui fenômenos micro-ambientais e macro-ambientais que podem ser observados e experimentados, que caracterizam o entendimento do mesmo como uma ciência.

    E você, o que pensa a respeito?

    Related Posts with Thumbnails
    facebook twitter Google Buzz MySpace delicious

    Espalhe por ai:

    Comentários


    1. Acredito que o marketing deva buscar maior exatidão na sua execução, com um bom planejamento, que parta de dados reais do mercado. Para isso, ele lança mão das ciências sociais. No entanto, na execução das ações, ele precisa ser criativo e inovador. Nessa hora é importante ter um amplo repertório e colocar em prática o raciocínio criativo. Assim, acho que une arte e ciência.

    2. A ciência não seria uma arte? Afinal, ela é admirada pelo seu processo de “criação” e não apenas pelo seu resultado, assim como a arte… Uma arte não é apenas o módulo final dela, mas sim as etapas ao qual o artista passou para chegar a tal ponto!

      (por isso as pessoas fical paradas sem entender nada rsrs)

      Whatever…

      Marketing é uma união de arte com ciência. Necessita tanto conhecimento, quanto criatividade.

    3. Bom, Marketing é uma arte que deve ser respeitada como ciência e vice-versa. Porque para utilizar-se dele precisamos respeitar seus conceitos (ciência) e aplicá-lo com muito talento e competência (arte)….

    4. Leandro Augusto

      Marketing é como se fosse um pincel, estamos de frente a uma tela em branco; as estratégias e ferramentas são as tintas do artista, temos a missão de preencher esta tela com tudo aquilo que sabemos, com nosso conhecimento; usando as tintas certas e misturando-as. Ao final podemos admirar a tela, a nossa obra-prima. Pois somos verdadeiros artistas plásticos…. fazendo arte da ciência.

    5. […] Marketing: arte ou ciência? […]

    6. […] :: Necessidades individuais e o marketing :: Quais as funções de um profissional de marketing? :: O comportamento do consumidor e as crianças :: Como iniciar um novo negócio :: O que NÃO é marketing :: Desmistifique o marketing :: Marketing: arte ou ciência? […]

    7. […] Muitos podem pensar: “-Ah, mas foi só uma brincadeira!”, ou “-Foi uma jogada de Marketing!”. Oras, mas agora vamos conviver com publicidades disfarçadas de brincadeirinhas? Em pleno […]

    Deixe seu comentário

    Os comentários podem ser moderados. Não são aceitas mensagens com conteúdo preconceituoso, discriminatório, ofensivo e com linguagem grosseira ou obscena. Também não são aceitas mensagens que caracterizem spam ou que estejam fora do contexto do blog.

    O blog não se responsabiliza pelos comentários efetuados por terceiros e se reserva o direito de, a qualquer tempo, retirar qualquer mensagem publicada.

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>