• O comportamento do consumidor e as crianças

    Todo ser humano possui comportamentos que, oriundos das necessidades e desejos, são alvos de estudos dos profissionais de marketing  na medida que correlacionam-se com o consumo. Vários estudos sobre comportamento  relatam características oportunas para aprofundamento e delineamento de estratégias mais acertadas e benéficas à sociedade. O condicionamento clássico entende que “os consumidores são seres passivos que reagem com respostas previsíveis a estímulos depois de várias tentativas” (KANUK; SCHIFFMAN, 1997, p. 144). Para Pavlov, o comportamento de troca(consumo) baseia-se em recompensas desejadas. O condicionamento instrumental (comportamento com base em experiências ) proposto por Skinner refere-se aos resultados favoráveis a partir da repetição de comportamentos (o uso de um produto, por exemplo).  Ainda, a Teoria da Aprendizagem Cognitiva relata que a troca ocorre em função do “processo de pensamento e de solução de problemas pelo consumidor”, ou seja, na atividade mental em busca de uma decisão/solução, para nossos própósitos, a partir da análise de uma informação. Concomitantemente a estes processos, temos os impulsos. Freud descreveu os impulsos como as molas propulsoras da motivação humana, agrupadas em três mecanismos de interação: id, ego e superego.

    O id é a explosão de desejos fisiológicos e psicológicos, os quais devem ser saciados imediatamente.  Entretanto, o superego atua como um controlador, zelando para que o ser humano sacie suas necessidades dentro das normas da sociedade e o ego busca o equilíbrio entre as reações impulsivas do id com o senso restritivo do superego.

    Abaixo segue um vídeo(teste do marshmallow) engraçadíssimo (vale a pena ver até o final) com crianças submetidas a um teste de observação. A instrução que foi passada a cada criança é a seguinte: “- Vou colocar um marshmallow neste prato e vou sair da sala. Caso, ao meu retorno, ainda tenha o marshmallow, você ganha outro marshmallow e poderá comer os dois”.

    E aí? Qual será o resultado? Assista (eu garanto que você dará boas gargalhadas)!

    Vídeo daqui: Oh, The Temptation from Steve V on Vimeo.

    Related Posts with Thumbnails
    facebook twitter Google Buzz MySpace delicious

    Espalhe por ai:

    Comentários


    1. Pavlov… na avaliação da Prof. Rosana eu fiquei nervosa e escrevi Lovcov. HUAHUAHU Vê se eu mereço =[ Ainda disse que ele fez um estudo da fisiografia ao invés de falar que ele era fisiólogo. huahuahuahuahua =[

      Bom, em relação ao vídeo… que fofinhoooooooos *-* hauhauhauhau.. Parece a história dos macacos, mas sem água nos coitadinhos hauhaahua

      Beijos, Prof.

    2. avemarketing

      rsrs. Acontece.

    3. Já vi esse vídeo! Gargalhadas são garantidas mesmo.
      É um ótimo exemplo. Outra coisa que podemos reparar é a reação entre as crianças de diferentes idades. Nas mais novinhas o id fala mais alto pq ainda não aprenderam essa relação de troca (se vc comer depois, terá dois ao invés de um), outro ponto para entendermos como trabalhar o marketing e a comunicação para crianças com ética.

    4. avemarketing

      Tati, obrigado pela visita e comentário.
      🙂

    5. […] o consumo. Vários estudos sobre comportamento relatam características … fique por dentro clique aqui. Fonte: […]

    6. O comportamento do consumidor e as crianas…

      Todo ser humano possui comportamentos que, oriundos das necessidades e desejos, so alvos de estudos dos profissionais de marketing na medida que correlacionam-se com o consumo. Vrios estudos[…]…

    7. […] :: Necessidades individuais e o marketing :: Quais as funções de um profissional de marketing? :: O comportamento do consumidor e as crianças :: Como iniciar um novo negócio :: O que NÃO é marketing :: Desmistifique o marketing :: […]

    Deixe seu comentário

    Os comentários podem ser moderados. Não são aceitas mensagens com conteúdo preconceituoso, discriminatório, ofensivo e com linguagem grosseira ou obscena. Também não são aceitas mensagens que caracterizem spam ou que estejam fora do contexto do blog.

    O blog não se responsabiliza pelos comentários efetuados por terceiros e se reserva o direito de, a qualquer tempo, retirar qualquer mensagem publicada.

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>