• Jornalismo levado a sério

    A atividade jornalística é fundamental para a busca, verificação e distribuição de informação correta e relevante para a sociedade. Evidente que, quando desenvolvido de forma imparcial e ética, colabora para o enriquecimento da democracia e orientação dos cidadãos, independente da área jornalística. De fato, há fatos!

    Infelizmente, em alguns momentos, as informações originam-se de fonte imprecisas ou não verdadeiras, alardeadas pela curiosidade humana,  por desejo de brincadeira, proliferação de ruídos ou outro tipo de deturpação da mensagem. Desta forma, em se tratando de material jornalístico é crucial que toda informação seja averiguada e as fontes devem ser altamente confiáveis.

    Pois bem, infelizmente, no dia 09 de janeiro uma informação foi  publicada em um veículo jornalístico, através de seu portal/canal na internet sem considerar a correta averiguação – a informação/fonte é um usuário do twitter com um perfil fake, supostamente atribuído à apresentadora Hebe Camargo.  Claro que, após o incidente, tal matéria virou “prato cheio” para piadas e outras chacotas.

    Abaixo reproduzo a imagem da notícia e preservo os nomes por respeito a todos os envolvidos.

    "Ela aproveitou para explicar como faz para se divertir ("saio correndo pelo hospital de cadeiras de rodas. Nunca ri tanto na minha vida. Obrigada enfermeiras")"
    “Ela aproveitou para explicar como faz para se divertir (“saio correndo pelo hospital de cadeiras de rodas. Nunca ri tanto na minha vida. Obrigada enfermeiras”)”
    Related Posts with Thumbnails
    facebook twitter Google Buzz MySpace delicious

    Espalhe por ai:

    Comentários


    1. É claro que o que houve,todos sabem ser uma tendência sem medida de controle.Os sistemas de informação em todo o planeta estão aderindo à internet.Há meios que utilizam discussões ocorridas no Twitter para descobrir o conteúdo de revistas impressas,e on-line.A própria formação de jornalista sofreu essa mudança,tirando o prestígio necessário aos profissionais jornalistas.Está ficando difícil acreditar naquilo que vímos,pois temos que fazer uma pesquisa para colhermos todos os dados…Até mais…

    2. Já dizia o velho ditado “quem tem pressa come crú”. Barrigas sempre existiram no jornalismo, alguns cometidos até por empresas grandes (lembra do boimate da revista Veja…?) mas nesse quesito a internet ganha de longe, seja pela velocidade com a qual é possível disseminar a informação, seja pela falta de critério mesmo, pode apostar, vamos ver muita baboseira com capa de informação circulando na net, mas mesmo assim vale a pena pela democratização do conhecimento que ela possibilita, qualquer Zé Mané (incluindo eu!) pode compartilhar opiniões, pensamentos e até notícia…

    3. avemarketing

      Adílson,
      obrigado pela visita e excelente comentário.
      Um forte abraço.

    4. São os famosos ‘multifacetados” dão pitaco em tudo. Aliás, a internet permitiu e extinguiu a identidade de zilhoes de cidadãos. E, também, dificilmente um anônimo vai morrer desconhecido na internet. Esta ferramenta é a própria ameaça a ética e lucidez das palavras. Tem de tudo! Democracia distorcida, digamos assim!

    5. […] This post was mentioned on Twitter by avemarketing and avemarketing, avemarketing. avemarketing said: No blog avemarketing "Jornalismo levado a sério…nem sempre" http://migre.me/gkfU […]

    6. avemarketing

      Fabiana, excelente comentário.
      Obrigado por sua visita.
      Abçs.

    7. Esta notícia me fez lembrar de um áudio que ouvi tempo atrás. Era um programa de rádio e eles estão dando a notícia da morte do locutor Lombardi do SBT. Enquanto o locutor lia a notícia, seu assistente procurava por informações sobre o histórico do falecido na internet. O problema foi começar a ler seu perfil do site Desciclopedia (famoso por descrições falsas, com razões claras de humor).

      Tomara que o site que passou por tal situação aprenda com o ocorrido e providencie maior atenção de seus “profissionais” (pois é o que se espera deles).

    8. avemarketing

      Olá Kleber,
      obrigado pela sua presença e comentário. Você disse bem, tal erro pode representar oportunidade para melhorias nos processos internos.
      Abçs.

    Deixe seu comentário

    Os comentários podem ser moderados. Não são aceitas mensagens com conteúdo preconceituoso, discriminatório, ofensivo e com linguagem grosseira ou obscena. Também não são aceitas mensagens que caracterizem spam ou que estejam fora do contexto do blog.

    O blog não se responsabiliza pelos comentários efetuados por terceiros e se reserva o direito de, a qualquer tempo, retirar qualquer mensagem publicada.

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>