• Compreenda o marketing político e a comunicação política


    Com a proximidade das eleições, aumentam as discussões sobre os atributos e características de cada candidato. Neste momento, as últimas articulações estratégicas são realizadas em nome do chamado “Marketing Político”. Mas afinal, o que é o Marketing Político? Será que as ações que os partidos políticos e assessoria dos candidatos realizam são ações de marketing ou de comunicação?

    Em verdade, o que é realizado no Brasil é o “Marketing Eleitoral” ou “Comunicação Política” e não “Marketing Político”, ou seja, são ações, na maioria das vezes de comunicação, que objetivam a eleição de determinado candidato. Também pode ser citado o termo “ativação” ou “processo de ativação”, conforme Lazarsfeld, Berelson e Gaudet. A própria política é algo muito maior do que o período de eleições que, pouco têm de política, mas sim politicagem.

    Em definição, Marketing é uma ciência social aplicada que consiste no estudo sistemático dos grupos sociais e indivíduos e de suas trocas no ambiente para satisfazer necessidades e desejos. Desta forma, a área política passa a ser uma aplicação do marketing, ou seja, atender a uma necessidade histórico-social e não somente sua utilização durante período eleitoral. A propaganda, enquanto ferramenta do marketing e corpo de conhecimento específico (comunicação social), é utilizada no campo político há muito tempo, como sua própria definição a pontua “propagare: propagar uma ideia ou ideal”.

    Uma das preocupações da “Comunicação Política” é com relação a imagem do candidato. Semblante “carregado”, modo de olhar de “cima para baixo”, apresentação pessoal inadequada, antipatia, falta de eloquência e outros, são características a serem evitadas na imagem do cidadão que participa de processo eleitoral. Como uma campanha possui elementos de supercialidade política, por conta da característica de nossa sociedade,  a imagem transforma-se em elemento de destaque no desenvolvimento da propaganda política.Em face disso,  Estereótipos são repetidos a exaustão, tais como: apertos de mão; tapinhas nas costas;  “corpo a corpo”; carregar criança no colo; tomar café com o povo; mostrar candidato ao lado de sua família; mostrar candidato assinando documentos, sentado à mesa; candidato de capacete visitando obras; comícios gigantescos (muito utilizado por Hitler, em discursos com forte apelo à emoção e uso de palavras repetidas); imagens com simbologia de vitória(v) e etc.

    Evolução da imagem da candidata Dilma Rousseff . Criação da arte: @NattyRegis

    Related Posts with Thumbnails
    facebook twitter Google Buzz MySpace delicious

    Espalhe por ai:

    Comentários


    1. [...] This post was mentioned on Twitter by avemarketing, Alinne Natal/RN and avemarketing, avemarketing. avemarketing said: Compreenda o #marketing político e a #comunicação #política.: // < ![CDATA[ google_ad_client… http://goo.gl/fb/oNe1Y [...]

    2. [...] This post was mentioned on Twitter by Júlio César Gengo, FRENTE GUERRILHA, maycon, Daniela , João Linno and others. João Linno said: Muito interessante =) RT @pontomarketing: Compreenda o marketing político e a comunicação política – http://bit.ly/ags1bx [...]

    3. [...] Blog avemarketing Compreenda o marketing político e a comunicação política [...]

    Deixe seu comentário

    Os comentários podem ser moderados. Não são aceitas mensagens com conteúdo preconceituoso, discriminatório, ofensivo e com linguagem grosseira ou obscena. Também não são aceitas mensagens que caracterizem spam ou que estejam fora do contexto do blog.

    O blog não se responsabiliza pelos comentários efetuados por terceiros e se reserva o direito de, a qualquer tempo, retirar qualquer mensagem publicada.

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>