• O comercial proibido da Hyundai

    Alguns filmes publicitários causam polêmica e criam burburinho em cima da própria produção/criação/história. A situação, típica da metacomunicação, ou seja, da influência e perceção do contexto explorado na peça publicitária para a transmissão da mensagem torna-se maior que a publicidade em si. E, em se tratando de suscitar essa discussão, a Hyundai protagonizou um capítulo a parte na comunicação de lançamento do seu modelo Veloster. O automóvel, lançado como um “carro seguro” por possui três portas, explora a dicotomia entre vida e morte na veiculação audiovisual, reproduzida abaixo.

    “Metacomunicação é a informação da informação”

    A discussão origina-se conscientemente ou não na capacidade do ser humano em conhecer o que conhece, ou, metacognição (Flavell, 1979), ou seja, em entender o próprio processo cognitivo (compreensão do processo usado para a aprendizado/entendimento). No caso de um comercial, a metacognição se dá no fato de entender como o anúncio conduz o entendimento da mensagem, em se tratando de conteúdo. Então, ao analisar o comercial citado, estabelecemos uma metacognição que determina o conhecimento metacomunicativo. Pode parecer confuso, mas não o é.

    “O conhecimento metacomunicativo permite ao produtor do texto evitar perturbações previsíveis na comunicação ou sanar (on-line ou a posteriori) conflitos efetivamente ocorridos por meio da introdução no texto, de sinais de articulação ou apoio textuais, e pela realização de atividades específicas de formulação ou construção textual”. Koch (2003, p.33)

    Ora, senão vejamos, ao se produzir conteúdo com a presença ardil do contexto “morte” reforçado pela imagem estereotipada, o criador(do anúncio) assume o para si o risco de debate e repúdio social. Em realidade, a morte não está dissociada da pauta e liturgia social, mas o toque maquiavélico incluído no trechos entre os tempos 0,33″ e 0,42″ potencializam a perversidade transformada em alvo central neste material publicitário.

    Related Posts with Thumbnails
    facebook twitter Google Buzz MySpace delicious

    Espalhe por ai:

    Comentários


    1. Imagina que teria de velhinhos infartando vendo esse comercial?

    Deixe seu comentário

    Os comentários podem ser moderados. Não são aceitas mensagens com conteúdo preconceituoso, discriminatório, ofensivo e com linguagem grosseira ou obscena. Também não são aceitas mensagens que caracterizem spam ou que estejam fora do contexto do blog.

    O blog não se responsabiliza pelos comentários efetuados por terceiros e se reserva o direito de, a qualquer tempo, retirar qualquer mensagem publicada.

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>