• Quanto custa pagar parcelado?

    Em nosso país, um dos hábitos dos consumidores é o parcelamento dos valores dos bens (duráveis e não duráveis) adquiridos. Compramos a casa própria em 20 anos ou mais, carro em 5 anos, móveis e eletrônicos em 2 anos, roupas, sapatos, acessórios e presentes em até 1 ano e pasmém, parcelamos até os produtos de supermercados e farmácia em 90 dias. Esse comportamento, amplamente e erradamente incentivado pela própria sociedade, Governo, Instituições Financeiras e empresas em geral, é um dos propulsores do mercado interno brasileiro e de nossa economia. Infelizmente, apesar da eficácia que o método causa ao aumentar o giro de mercadorias e aumento do lucro por parte de alguns setores da economia, é ineficaz no contingente individual, ao criar uma massa de endividados. Aos brasileiros, em sua maioria, sobra a frase “correr atrás para pagar as contas”. Esse princípio enriquece os credores e empobrece os compradores, pelo custo alto do dinheiro financiado – juros sobre juros, embutidos na compra parcelada).

    Muito mais salutar é o ato de poupar e aumentar o poder de barganha em uma compra á vista, de modo a fugir dos famigerados juros (a taxa de juros brasileira é uma das mais altas do mundo). Financiar um bem a longo prazo, com taxas de juros nominais de 1% a.m., em uma economia que cresce 3% a.a. e com salários que são remunerados em média 5-6% a.a. é algo como “dar um nó na própria forca”. Entretanto, como disse, a cultura do sonho do consumo impera, e, infelizmente, o dinheiro fácil é vendido aos montes e o pouco raciocínio financeiro recai sobre as famílias brasileiras que, em média, são pobres de informação e conhecimento.

    Imagem/Fonte: http://i0.ig.com/infograficos/2012/economia/parcelado-custo/parcelado3.jpg

    Related Posts with Thumbnails
    facebook twitter Google Buzz MySpace delicious

    Espalhe por ai:

    Comentários


    Não existe nenhum comentário, então seja o primeiro!

    Deixe seu comentário

    Os comentários podem ser moderados. Não são aceitas mensagens com conteúdo preconceituoso, discriminatório, ofensivo e com linguagem grosseira ou obscena. Também não são aceitas mensagens que caracterizem spam ou que estejam fora do contexto do blog.

    O blog não se responsabiliza pelos comentários efetuados por terceiros e se reserva o direito de, a qualquer tempo, retirar qualquer mensagem publicada.

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>