• Como elaborar meu currículo?

    Uma dúvida muito comum aos jovens que procuram o primeiro emprego é sobre a elaboração do currículo.  Colocar ou não colocar foto? Quantas páginas o currículo deve ter? Devo ou não colocar todos os cursos que realizei em minha vida? Fiz algum tipo de trabalho voluntário, devo mencionar? Colocar ou não a pretensão salarial? Tenho que colocar o número do meu RG? Posso colocar letras enfeitadas?

    Como você pode perceber, apesar de ser um assunto relativamente simples, existem alguns itens que causam dificuldades para muitos. Se isso também acontece com você, não se apavore, afinal, é normal isso acontecer principalmente entre as pessoas mais jovens e tal insegurança não é nenhum demérito.

    Bem, chega de blá blá blá e vamos às dicas:

    1. Não há necessidade de colocar número de documento no currículo. Nos dados pessoais informe nome completo, endereço, contatos (inclusive Linkedin), estado civil e data de nascimento.
    2. Nos objetivos, coloque a área de atuação pretendida de maneira clara. Não precisa citar a nomenclatura de cargo, a não ser que você encaminhe o currículo para uma vaga em específico.
    3. Seguindo esta ordem, a próxima etapa de preenchimento de um currículo é a Formação Escolar. Comece pela formação mais recente, indicando o nome do curso, a instituição e data de conclusão. Preencha as demais formações em ordem decrescente (de tempo). Cursos que tenha feito a muito tempo e desatualizados não precisam ser informados.
    4. O próximo item a ser preenchido é um breve resumo de suas habilidades e competências. Cite pelo menos 5 itens nos quais você é competente e possui diferenciais.
    5. Na sequência, informe as atividades profissionais (empregos e cargos). Coloque o cargo, breve descrição da sua atividade e o nome do empregador (empresa).
    6. A última etapa do preenchimento de um currículo consiste em colocar outras atividades que tenha realizado e que sejam relevantes, tais como intercâmbio, curso de aperfeiçoamento, premiações em concursos, projetos de iniciação científica, trabalhos voluntários, dentre outros.

    Viu só, não é nenhum bicho de sete cabeças.  Ah, e respondendo às perguntas iniciais: evite letras enfeitadas; não há necessidade de informar a pretensão salarial (a não ser que seja formalmente solicitado pelo empregador) e; o currículo deve conter duas folhas, no máximo.

    Boa sorte e, caso ainda tenha alguma dúvida, comente aqui para nós.

    Espalhe por ai:
  • Por que contratar um profissional de mídias sociais?

    Muitos empresários tem dúvidas sobre a contratação de uma agência de publicidade ou até mesmo um profissional de mídias sociais. Bem, abaixo seguem alguns motivos para a contratação deste serviço:

    1. O profissional ou agência estudará o seu perfil de público alvo e criará peças publicitárias que comunicarão a identidade da sua empresa, para o seu target.

    2. Existem horários que são melhores para as postagens e o profissional de mídias sociais irá descobrir quais o melhores para o seu negócio.

    3. O profissional utiliza ferramentas digitais que possibilitam o aumento do engajamento e número de seguidores, melhorando seu “rankeamento” nos meios digitais.
    4. A agência criará variações de postagens, não deixando a página cair na mesmice.

    5. Seu conteúdo terá maior qualidade.

    Em resumo, um trabalho profissional será feito a partir de PLANEJAMENTO, GESTÃO E PRODUÇÃO DE CONTEÚDO e GERAÇÃO DE LEADS(RESULTADOS). É um investimento e não um custo.

    Espalhe por ai:
  • O branding da Starbucks

    A Gestão de Marcas é uma das áreas do Marketing e também é foco de estudo no curso Bacharelado em Marketing da Unilins. Nesta matéria, você aprende a criar marcas e desenvolver estratégias relacionadas ao Branding, na prática!

    A importância de uma boa gestão de marcas é tão grande que hoje há muitas oportunidades para profissionais que fazem este trabalho. Como exemplo de Branding muito bem feito, podemos citar a marca Starbucks Brasil. Alguém tem dúvidas do belo trabalho que eles fazem? Eu não tenho! São vários aspectos planejados e utilizados por eles para a construção de uma identidade de marca bem sólida:

    • Logotipia com conceito forte;
    • Entrega valor aos clientes (dá sensação de que vale mais do que custa);
    • Está no coração das pessoas;
    • Você tem a percepção de que lá os produtos são melhores que em outros lugares;
    • Ambiente agradável;
    • As pessoas querem socializar que estão lá;
    • A marca desperta admiração.

    Fonte da imagem: Adaptado de https://www.vallartadaily.com/…/uplo…/2017/09/starbucks.jpeg

    Espalhe por ai:
  • O que é o fluxo de caixa?

    Administrar corretamente o fluxo de caixa é uma das rotinas administrativas mais importantes no dia a dia de uma empresa. Uma boa gestão financeira só é eficaz se o empresário ou empreendedor utilizar corretamente as ferramentas apropriadas e de maneira acertada. Uma destas ferramentas é o Fluxo de Caixa.  O fluxo de caixa é um controle que auxilia e organiza a movimentação financeira de modo a prever as entradas e saídas (pagamentos) de dinheiro,  para um melhor planejamento das sobras ou faltas de caixa.  Em resumo, o fluxo de caixa é um relatório que indica as entradas e saídas de dinheiro da empresa. Para melhor executá-lo, utilize uma planilha (pode ser informatizada – ou seja, dentro do sistema da empresa – ou criada em editores de planilhas) e atualize-e diariamente, extraindo da mesma informações para as tomadas de decisões futuras, tais com a capacidade para constrair dívidas a partir da projeção de pagamentos e recebimentos.

    No link abaixo, segue uma planilha feita no programa Excel, para que você exercite e administre seu fluxo de caixa.
    fluxo_caixa_modelo_branco

    Espalhe por ai:
  • Diretora de Marketing do McDonald’s mostra como são feitas as fotos publicitárias dos lanches da empresa

    Foto: Divulgação/McDonald's

    Evidente que uma foto publicitária de alimentos apresenta percepções visuais que diferem do produto real. Esses componentes são os artifícios que trabalham o apetite appeal, ou seja, o prazer estético relacionado ao desejo de se alimentar. Mas, então as fotos podem ser consideradas uma enganação? Negativo, se os componentes, conteúdo, peso e demais atributos entregurs forem os mesmos que os anunciados. A beleza é uma condição subjetiva e de difícil avaliação. Para provar que os lanches comercializados no fast food são exatamente os mesmos das fotografias publicitárias, Hope Bagozzi, Diretora de Marketing do McDonald’s no Canadá, comprou um lanche em uma unidade da empresa e demonstrou as etapas para se produzir uma fotografia publicitária. Ação bBem interessante e um tanto corajosa, e ouso dizer que é até quase temerária, afinal é uma forma de comunicação que abre possibilidades para questionamentos e opiniões negativas.

    Vale a pena conferir o vídeo e tirar suas próprias conclusões.

    Vídeo Via Gizmodo

    Espalhe por ai: