• Embalagem esperta

    Seguindo a linha das “embalagens inteligentes”, a Skol apresentou no final de 2008 a embalagem Skol “seta”, dotada de tinta termo sensível, que indica quando o produto está gelado (“Seta azul? Skol gelada”).

    A decisão em relação às embalagens faz parte do que KOTLER (2003, P. 211) chama de “Decisões individuais de produtos” e deve ser analisada criteriosamente devido a importância estratégica que as embalagens possuem no contexto do marketing.

    skolroda1

    Espalhe por ai:
  • Mídia Social

    Definitivamente a internet se transformou em uma grande mídia social. As pessoas/empresas usam boa parte do tempo de navegação para manter algum tipo de relacionamento, através dos programas e sites de relacionamento (e-mail, mensageiros instantâneos, Facebook®, Myspace®, Orkut®, Twiter®, Live®, Youtube®, Flickr®, Digg®, Bebo®, Delicious®, Yahoo®, Stumbleupon®, Technorat®, Life® , Peabirus® e os diversos blogs). Esta é a chamada mídia social digital. A “bola da vez” é o Twitter®, nova mania nacional que está sendo utilizado por profissionais e até por organizações como meio de comunicação formal/oficial (veja o exemplo abaixo). Evidente que as mídias sociais não devem ser utilizadas pelas organizações como o único canal midiático oficial, mas sim como um apoio às comunicações integradas de marketing e de acordo com critérios técnicos conforme o target e os objetivos empresariais e de marketing.

    twitter-luiz-g-m-belluzzo-belluzzo_p-on-twitter1

    Fonte: Reprodução Twitter.


    Espalhe por ai:
  • Qual a importância do profissional de marketing?

    Recentemente fizemos uma enquete com alunos de bacharelado em marketing, com a pergunta citada no título deste post. A produção foi editada e gravada em vídeo (veja aqui) e também está disponível na Rádio Ave!Marketing. Confira alguns trechos do que a galera disse, abaixo:

    “O profissional de Marketing consegue desenvolver estratégias e trabalhar com diversos departamentos, além de ocupar altos níveis nas organizações”. Junior.

    “O profissional de Marketing é muito importante porque cria estratégias para as empresas”. Janine.

    “Este profissional une todas as ferramentas e as coloca em prática para atingir objetivos empresariais”. Lincoln.

    “A principal importância é a capacidade que o profissional possui de detectar os problemas empresariais e a partir daí sugerir estratégias para que o negócio tenha lucratividade”. Fernando.

    “Não existe empresa que sobreviva sem o Marketing, pois este engloba todos os setores empresariais. O Marketing é o estudo do mercado em movimento”. Nathália.

    “O Marketing é o coração de uma empresa. Lins é privilegiada por ter um curso de Marketing puro, ou seja, 100% Marketing”. Válter.

    “Profissional de Marketing é o especialista que, como todo especialista, tem um profundo conhecimento de uma área, no caso, uma área estratégica para os negócios,  que é o mercado. Este profissional é o que reúne as maiores qualidades em termos de conhecimento, técnicas, processos e ferramentas para interferir produtivamente na sociedade”. Prof. Leonides.

    “O Profissional de Marketing tem uma importância substancial dentro da caracterização da atividade mercadológica das empresas, pois é a pessoa que estuda o mercado e todas as relações de troca que acontecem dentro do mercado e cria as estratégias  que asseguram os objetivos empresariais”. Prof. Elcio Fernando.

    Espalhe por ai:
  • Qual a diferença entre informação e conhecimento?

    Você sabe exatamente a diferença entre informação e conhecimento? Só para antecipar, conhecimento é a ação, ou seja, é o que você constrói (realiza, gera, produz) a partir da informação recebida. Veja abaixo o excelente institucional produzido para o Estadão, que cita a diferença entre informação e conhecimento. O vídeo é assinado pela Y&R.

    
    

    Ficha técnica
    Cliente: O Estado de S. Paulo
    Produto: Institucional
    Título: Conhecimento
    Duração: 1X60″ / 1X30″
    Direção de Criação: Marco Versolato
    Criação: Marco Versolato / Caio Mattoso / Rodrigo Mendes
    RTVC: Nicole Godoy / Diego Melo / Cléo Gonçalves
    Atendimento/Agência: Sylvia Panico / Renato Fischer / Flavia Monte
    Produtora: Dínamo Digital
    Direção: Ricardo Carelli / João Simi
    Direção de Fotografia: Ricardo Carelli / João Simi
    Produção: Dínamo Digital
    Pós-produção / finalização: Dínamo Digital
    Produtora de Som: Junk Om Áudio
    Aprovação Cliente: Luis Fernando de Godoy / Rogério Machado

    Espalhe por ai:
  • Reclamação de cliente

    Uma das áreas mais importantes de toda empresa é o “setor” de reclamações de cliente. Esta afirmação pode parecer estranha, mas a reclamação de cliente é uma grande oportunidade para inovações e melhorias e é o maior termômetro para medir satisfação dos produtos e serviços. Infelizmente, por vários motivos, nem todas as empresas pensam ou agem desta forma.

    Quando a relação entre cliente/consumidor x empresa não é muito saudável, as reclamações tornam-se públicas. Atualmente, a empresa campeã de reclamações na Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON de São Paulo é a Telefônica (fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1217629-6174,00TELEFONICA+NAO+VAI+COBRAR+TAXA+DE+
    CANCELAMENTO+DO+SPEEDY+DIZ+MPF.html
    e aqui. O número de reclamações é tão elevado que a Fundação PROCON SP possui um link exclusivo (http://www.procon.sp.gov.br/denunciaspeedy/) para atendimento das reclamações e denúncias contra o produto Speedy©, da Telefônica. O mais assustador é o fato que, no formulário para preenchimento de reclamações disponibilizado pelo Procon, há uma relação com dez problemas para serem indicados. Na minha modéstia opinião, é uma lista muito extensa de equívocos prováveis e possíveis que uma empresa causa em seus clientes.

    Obs. Sou usuário do Speedy© e optei pela isenção total de citar minha experiência pessoal no uso do serviço ao escrever este post.

    Espalhe por ai: