• Digitalização da informação: uma reflexão

    A tecnologia da informação e a digitalização tem proporcionado cada vez mais a experiência “no place”, “no time” e “no matter”. A velocidade e capacidade de processamento e disseminação de textos, imagens e vídeos mudou a forma como as pessoas se relacionam com o ouro moderno – informação.  Interessante também é observar que existe perversa dicotoma entre: a medida que aumentam as formas de controle sobre a vida das pessoas como romanceado por George Orwell em “1984”, tanto mais se perde o controle sobre o domínio das imagens pessoais e direitos de veiculação e controle sobre o armazenamento e disseminação de conteúdo indevido.

    Observe atentamente a foto abaixo e reflita:

    Imagem daqui.

    Repare que o fato da digitalização descentralizar o poder midiático das mãos dos “impérios da comunicação”, ao transformar cada indivíduo em gerador e disseminador de conteúdo, ao mesmo tempo entrega à sociedade despreparada e com inversão de valores um perigoso poder relacionado ao uso do “ser e do ter”, no tocante a alimentação de redes de informação e formação de opiniões para a construção do futuro.


    Espalhe por ai:
  • Cadeiras feitas da reciclagem de garrafas PET de Coca-Cola

    Olha que legal, em parceria com a Coca-Cola, a empresa Emeco está produzindo cadeiras com garrafas PET recicladas. A composição é um mix de 65% de material PET reciclado e 35% de fibra de vidro. Além de beleza e durabilidade, a ideia consiste em excelente exemplo de reutilização de material que anteriormente era desperdiçado.

    Fonte: http://emecowithcoke.com/ e http://www.3minovacao.com.br/



    Espalhe por ai:
  • “Infiltrado”. Novo vídeo da Coca-Cola, patrocinadora da Copa América

    Usando da estratégia de humor, a nova publicidade da Coca-Cola (filme veiculado na Argentina para o target local) baseada no evento ‘Copa América’ infiltra um torcedor argentino no meio da torcida brasileira (interessante observar o público brasileiro estereotipado de acordo com o arquétipo argentino). Descubra o que acontece após um gol dos “hermanos”.


    Dica do @rafaelziggy

    Espalhe por ai:
  • Parada gay movimenta economia de São Paulo

    A “Parada Gay” de São Paulo, maior evento de rua organizado e voltado para o público LGBT e simpatizantes, que tem como objetivo disseminar o respeito entre os seres humanos, cada vez mais se torna um evento que fomenta o comércio e algumas parte da economia. Durante o período, há incremento financeiro para o turismo, hotelaria, comércio local, dentre outras áreas.

    Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress. Loja na Rua Oscar Freire. Fonte: Folha.com

    Uma boa parte da estrutura de serviços na capital do Estado de SP já está acostumada a adaptar-se para oferecer estratégias que atendam o público-alvo, tais como vitrines temáticas (imagem acima), produtos e acessórios de acordo com o perfil das necessidades referente ao evento.

    A atividade estratégica para a sazonalidade exposta (evento) deve ser planejada com antecedência e assim possibilitar o melhor desempenho durante as relações de troca que, com relação ao público sugerido, há bom potencial de poder aquisitivo e disposição para o consumo. No evento anterior (2010) foram contabilizados 3,3 milhões de participantes, segundo a Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo.


    Espalhe por ai:
  • Excelente anúncio impresso sobre o aquecimento global

    Os anúncios abaixo foram criados pela agência Y&R para o jornal O Estado de São Paulo e veiculados no mesmo  periódico, no mês de maio de 2011. A arte mostra consequências do aquecimento global em belas ilustrações a partir das bandeiras dos países Brasil, China e USA.

    Créditos
    Global warming: who will be here to see the consequences?
    Advertising Agency: Y&R, São Paulo, Brazil
    Executive Creative Director: Rui Branquinho
    Creative Director: Flávio Cassaroti, Sergio Fonseca
    Art Director: Fábio Rodrigues
    Copywriter: Guigo Oliva
    Agency Producer: Monica Beretta


    Espalhe por ai: