• Mais Coca-cola no verão

    Neste verão a Coca-Cola lançará embalagem lata de 473ml. O produto será produzido pela Spaipa. A previsão é de permanecer no mercado apenas no período do verão. Para quem conhece a teoria do “composto de produto”, esta ação é desenvolvimento da profundidade.

    cocacolalata473ml

    Espalhe por ai:
  • Camiseta de Marketing – Promoção de vendas

    Vou registrar aqui uma ação de promoção de vendas e talvez inédita para muitos. O curso de Bacharelado em Marketing da Unilins, por intermédio do Prof. André, conseguiu desenvolver canal de vendas (um salve para o Marcelo, da loja Evidência) para comercialização de camiseta  e, futuramente, outros materiais alusivos ao curso. Esta ação de promoção de vendas tem como objetivo aumentar a exposição da marca da instituição de ensino bem como do marketing como um todo e aumentar receita financeira dos envolvidos. Conforme Marin (2002), promoção de vendas “constitui-se em todo esforço feito para levar o produto ao comprador, diferenciando-se da propaganda exatamente pelo fato de esta resumir-se no esforço contrário: o de levar o comprador ao produto”.

    Parabéns ao curso, docentes  e alunos que sempre demonstram empenho pelo aprendizado cotidiano.

    Confira fotos da produto na vitrine do pdv.

    Espalhe por ai:
  • Protetor solar não protege?

    Pesquisa elaborada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor – Pro Teste e reportagem publicada na Folha de SP e no Portal Terra em 01 e 02 de dezembro respectivamente afirmam que “metade dos protetores solares usados no país não funcionam”.

    De acordo com o instituto Pro Teste, metade dos dez protetores solares mais vendidos no país não funcionam e ainda, em se tratando de fato de proteção – FPS 30, “apenas 2 dos 10 protetores analisados realmente funcionam”.Os testes englobam análise de rotulagem, rotulagem, composição, irritabilidade, hidratação, proteção, resistência a exposição solar e teste em uso (Fonte: Folha de SP – http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u660153.shtml, acesso em 02 de dezembro de 2009 ).

    Claro que devemos preservar o direito de resposta e explicação aos fabricantes mas, vamos considerar que os testes sejam realmente corretos e os resultados plausíveis, ok? Então, como ficam os direitos dos consumidores, assegurado no Código de Proteção e Defesa do Consumidor? E o padrão de qualidade? Cabe aos consumidores ação jurídica por infração do item III do artigo 6º:

    III – A informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços com especifi-cação correta de quantidade, características, composição, qualidade e perco, bem como sobre os riscos que apresentem;

    Também implica contrariedade ao artigo 8º:

    Art. 8º – Os produtos e serviços colocados no mercado de consumo não acarretara o ris-cos a saúde ou segurança dos consumidores, exceto os considerados normais e previsíveis em decorrência de sua natureza e fruição, obrigando-se os fornecedores, em qualquer hipótese, a dar as informações necessárias e adequadas a seu respeito.

    E mais especificamente o que indica o artigo 12, do mesmo Código:

    Art. 12 – O fabricante, o produtor, nacional ou estrangeiro, e o importador respondem, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos decorrentes de projeto, fabricação, construção, montagem, formulas, manipulação, apresentação ou acondicionamento de seus produtos, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua utilização e riscos.
    §1º – O produto é defeituoso quando não oferece a segurança que dele legitimamente se espera, levando-se em consideração as circunstancias relevantes, entre as quais.

    Em suma, o exposto é um caso grave que requer muita responsabilidade nos procedimentos adotados daqui em diante e exige-se dos fabricantes uma resposta clara e a altura.

    figura1

    Leia também

    :: Procedimentos operacionais
    :: Trading-down
    :: Desmistifique o marketing
    :: Marketing: arte ou ciência?
    :: Cuidado ao contratar garoto propaganda

    Espalhe por ai:
  • Site Natalino da Bauducco

    Muito interessante o site da empresa Bauducco – criação da Almap BBDO –  como ação para o Natal. A animação em flash conduz o internauta (com foco nas crianças) à uma interação com o “bom velhinho”.  A internet proporciona a interação e isso deve ser buscado pelas empresas, nas suas ações na grande rede. Fica como dica a possibilidade de integração com mídias impressas e com ações no pdv, de forma a comunicar, além da marca citada, preceitos positivos como amizade, amor e harmonia entre os seres humanos.

    wwwbauduccocom1Via ADvertido.

    Para acessar o site, clique aqui.

    Leia também

    :: Programa Comercial e Cia
    :: Embromation – Viral
    :: Arquétipo
    :: Como iniciar um novo negócio
    :: Extensão de marca

    Espalhe por ai:
  • Avalanche de McDonald’s

    A imagem abaixo mostra a quantidade de McDonald’s nos EUA.  Segundo o site AggData.com, 13.000 unidades do famoso fast food estão espalhados pelo território americano. O número surpreende e mostra como a empresa do totem bem alto consegue exercer uma supremacia em distribuição. Só a título de comparação, você se recorda de alguma empresa brasileira que tenha mais de 4.000 filiais ou unidades franqueadas? Interessante também como a economia americana está alicerçada nos serviços – segundo  o U.S Bureau of Economic (2002), a contribuição do setor de serviços no PIB americano é de 80%, incluindo o próprio governo.

    mcdonaldsusa

    Clique na imagem para melhor visualização. Via 1 e 2

    Espalhe por ai: