• The Sunday Times divulga vídeo institucional com elementos culturais em plano sequência

    O jornal britânico The Sunday Times veiculou um vídeo institucional muito interessante utilizando vários elementos artísticos / culturais popularmente conhecidos e filmados com a técnica de plano sequência. O resultado foi uma bela obra-prima! O curta-metragem foi criado pela agência de publicidade Grey (Inglaterra) e o vídeo produzido pela Us Production Company – Academy Films.

    Abaixo segue o vídeo pronto e logo depois o making of que possibilita verificar como as cenas foram realizadas, sem cortes.

    Making of

    Espalhe por ai:
  • Gillette apresenta: Homenagem a Ayrton Senna

    A Gillette apresentou, há uma semana, um vídeo publicitário em homenagem ao grande Ayrton Senna. A peça, com clara estratégia emocional, utiliza como pano de fundo o fato do piloto ter melhor desempenho em pistas molhadas. Junto as belas imagens, um texto exuberante e a presença metafórica de vários jovens homônimos do sensacional Senna e com a participação de seu sobrinho Bruno Senna (impressiona também pela semelhança física com o tio) É um tipo de campanha que impressiona e resgata uma sensação que é um misto de emoção pela ausência, bem como o orgulho de ser brasileiro, devido às conquistas de um grande homem. Garantia de sucesso e de vários comentários acerca da falta que Ayrton faz para a Fórmula 1 e nossos domingos.

    Entretanto, faço valer minha auto permissão como blogueiro e publicitário para uma pequena observação, pois entendo que a empresa poderia ter evitado  a inclusão do produto no vídeo publicitário. Tal ação (homenagem com estratégia tipificada emotiva), é coerente sob a ótica publicitária como uma ação institucional e, como tal, bastaria a marca da companhia fechar como uma típica assinatura, ou seja, uma homenagem integral ao homenageado, com o tempo total do vídeo sendo destinado para isso.

    De qualquer forma, a campanha é sensacional e a iniciativa social junto às vendas do produto idem. Parabéns Gillette e, obrigado Ayrton!

    Espalhe por ai:
  • Coca-Cola! Feliz Dia dos Namorados

    Para celebrar o dia dos namorados ( Valentine’s Day), a Coca-Cola produziu e lançou um vídeo bem bonitinho, como uma extensão da ideia do ato de compartilhar felicidade. Esse tipo de ação rápida tem resultados difíceis de serem mensurados, entretanto, funcionam bem para a manutenção da simpatia pela marca, principalmente através da internet e redes sociais.

    A ideia não é exatamente original, mas o acabamento/produção é excelente. Destaco o excelente contraste de cores na produção da peça, obtido com a utilização de filtros.

    “Amor é igual a felicidade: quanto mais você compartilhar, mais você tem. Feliz Dia dos Namorados!”


     

    Espalhe por ai:
  • Fabricante de celular promove vídeo fail

    Imagem: http://exame.abril.com.br/marketing

    A comunicação e o feedback dos receptores, na internet, é realmente uma coisa diferente das demais mídias. A facilidade de retroalimentação da informação e a possibilidade de análise mais criteriosa de todos as mensagens veiculadas na rede, fazem com que os debates acerca da própria informação sejam mais fundamentados. Em resumo, a internet funciona como elemento de metacomunicação.

    Recentemente, a Nokia divulgou um vídeo na internet para divulgar um recurso (tecnologia PureView) de seu celular Lumia 920. Na publicação em questão, o objetivo era mostrar que o produto conta com um recurso de autoregulagem de impactos que permite filmagens em movimentos, sem as famosas “tremedeiras”. A ideia, óbvia e assertiva, foi fazer um vídeo andando de bicicleta, usando o próprio celular. Nada mais natural, se não fosse por um detalhe: uma vez disseminado na rede, internautas mais atentos perceberam que, ao cruzar com outro veículo, o espelhamento da imagem indicava que o vídeo não era bem o que a empresa disse ser. Se fosse veiculado em mídia tradicional, como a TV, dificilmente tal erro seria notado.

    Veja o vídeo original

    Percebeu o fail da empresa?

    Espalhe por ai:
  • Em 1983, alguns cientistas previram fatos sobre a vida em 2011. Confira!

    Olha que interessante, o programa Fantástico apresentou no início da década de 80 um vídeo com a opinião de cientistas sobre quais fatos da ciência e tecnologia seriam reais em 2011, ou seja, quais avanços tecnológicos imaginados na época,  que se tornariam situações comuns 28 anos depois. Há previsões nas áreas da robótica, computadores, medicina e sobre o comportamento cotidiano.

    Assista, vale a pena pelo aspecto da curiosidade. As previsões são assertivas em algumas partes, fantasiosas e cômicas em outras.

    Outros materiais sobre previsões do futuro, no passado, podem ser vistos aqui:
    Link 1
    Link 2

    Espalhe por ai: