• Novo filme publicitário da Coca-Cola

    Já foi lançado o novo filme publicitário da Coca-Cola para o verão 2012. A fórmula da comunicação resgata ideias utilizadas nas décadas de 80 e 90: pop rock, jovens e todas as ‘tribos’ juntas, e claro, felicidade! Reparem também que em todas as tomadas de cenas há obrigatoriamente a presença de elementos nas cores vermelho e branco – essa repetição proporciona forte indução no cérebro. Confira abaixo:


    Música: “Can you feel it” do One Night Only.

    Espalhe por ai:
  • A lata branca da Coca-Cola

    Imagem daqui: http://oblogdastorm.wordpress.com

    E a famigerada lata branca da Coca-Cola continua dando o que falar. Planejada para fazer parte de uma promoção que une consciência ambiental sobre o risco de extinção dos ursos polares e ajuda financeira para a organização World Wide Fund – WWF (a própria The Coca-Cola Company fez um donativo inicial de USD 2 milhões), a embalagem branca aparentemente não caiu no gosto dos consumidores conforme informações em sites (1, 2, 3). Apesar da companhia não propagar informações oficiais sobre o caso, fato é que as embalagens estão sendo trocadas por versões na cor clássica – vermelha – e, ao que tudo indica, a percepção negativa com a mudança de cor falou mais alto. Toda prática que implica na mudança de elementos semióticos (estímulos) de identificação da marca/produto com a cognição inicial possui risco de rejeição (a própria Coca-Cola já vivenciou episódios negativos quando lançou a New Coke em 1985) que são estudados pelas ciências da comunicação nos modelos semiótico – O modelo semiótico de comunicação é aquele em que a ênfase é colocada na criação dos significados e na formação das mensagens a transmitir. Do ponto de vista prático, além da rejeição à nova embalagem, houveram relatos de confusão com o produto Diet da mesma empresa.  A marca Coca-Cola e todos os aspectos que a cercam estabeleceram ao longo do tempo uma simbiose com o país de origem, fazendo dos consumidores coadjuvantes na história do produto e é essa relação que se quebra quando elementos típicos são alterados. Em casos como esse, é possível ser utilizado displays específicos com muita comunicação no ponto de venda para que a confusão não ocorra e seja imediatamente sanada, ressaltando o caráter da promoção ambiental em conjunto com a WWF.

    Espalhe por ai:
  • Ação de guerrilha da Coca-Cola em clássico do futebol português

    Aproveitando a rivalidade entre os clubes de futebol do Benfica e Sporting como pano de fundo, a Coca-Cola (Portugal) realizou ação de guerrilha na semana anterior ao dia do clássico entre as equipes, no Estádio da Luz, Lisboa/PT. A ação consistiu em um “teste de honestidade”, onde uma carteira com os ingressos para o confronto foi jogada ao chão. Segundo a empresa, 95% das pessoas devolveram a carteira, fato que reforçou o conceito utilizado pela Coca-Cola, durante a semana: “A honestidade dos portugueses supera qualquer tipo de rivalidade”. O objetivo da tática foi aumentar a simpatia e fortalecer os vínculos com a marca, além de reforçar o espírito nacionalista e de auto-estima. Bem oportuno, em momento de crise financeira predominante em boa parte da Europa. Pode-se perceber que a marca americana estabelece ações com certa profundidade de viés conceituais, e poucos tem a exata noção das conexões de sociologia política e filosóficas em suas ações – a implementação de tal feito é como uma intervenção do Estado democrático sobre as percepções e conclusões dos indivíduos sobre a sociedade em que vivem. “Em resumo, a Sociologia Política se ocupa de analisar o comportamento político dos atores sociais”. SOUZA, Nelson.

    Confira o vídeo.

    Espalhe por ai:
  • “Coletivo – Faça Acontecer” – Parceria Rede Asta e Coca-Cola gera renda a partir de produção de artesanato

    bolsa com tramas de garrafas pet

    Fruto da parceria entre a Rede Asta (organização sem fins lucrativos e com objetivo de disseminar a geração de renda em comunidade a partir de grupos produtivos locais, no Rio de Janeiro)e a Coca-Cola, o projeto ” Coletivo – Faça Acontecer” produz artesanalmente e comercializa de porta em porta produtos oriundos da reciclagem e reaproveitamento de embalagens, em uma proposta totalmente sustentável. As matérias-primas são garrafas pet e embalagens tetrapak (descartadas após uso e higienizadas corretamente para a manipulação no processo produtivo artesanal sendo os produtos finais criados por 5 grupos de artesãs e orientadas pelo designer Carlos Alcantarino.

    garrafinha iluminada

    moedeira

    :: Veja a lista completa de produtos AQUI.

    Espalhe por ai:
  • Cadeiras feitas da reciclagem de garrafas PET de Coca-Cola

    Olha que legal, em parceria com a Coca-Cola, a empresa Emeco está produzindo cadeiras com garrafas PET recicladas. A composição é um mix de 65% de material PET reciclado e 35% de fibra de vidro. Além de beleza e durabilidade, a ideia consiste em excelente exemplo de reutilização de material que anteriormente era desperdiçado.

    Fonte: http://emecowithcoke.com/ e http://www.3minovacao.com.br/



    Espalhe por ai: