• Como obter maior alcance do target utilizando o Facebook

    Recentemente o Facebook modificou mais uma vez seu algoritmo de alcance orgânico. A partir de agora, as postagens vão privilegiar a relevância no sentido do relacionamento entre amigos, parentes e pessoas próximas.

    Desta feita, as postagens de Páginas (perfis de empresas) terão audiência ainda mais reduzida. Para quem é social media isso pode ser um desastre, mas, até que faz sentido, vejamos. O que Mark Zuckerberg pretende é o seguinte: para as empresas o #Facebook deve ser visto como uma mídia (veículo) e, como tal, para veicular conteúdo publicitário, deve ser pago.

    Assim, o algoritmo da rede social está mais aprimorado para detectar postagem com objetivo publicitário e diminuir o seu alcance, a não ser que seja impulsionado.

    Então, o que fazer?

    1. Marketing de Conteúdo.
    Privilegie relacionamento entregando conteúdo de relevância de acordo com as personas do seu cliente.

    2. Impulsione.
    Planeje junto a seus clientes, uma verba para impulsionamentos.

    3. Faça promoções de vendas.
    Use ferramentas autorizadas pelo Facebook, tais como sorteie-me, para executar promoções criativas e relevantes ao público do seu cliente.

    Por Elcio Fernando Del Prete

    Nenhum texto alternativo automático disponível.

    Espalhe por ai:
  • Saiba como utilizar as hashtags para aumentar sua influência e conversão

    Pra quem não sabe, o uso da hashtag possibilita o aumento do alcance das buscas nos algoritmos das redes sociais. Desta forma, seja você o gestor de mídia social de uma (ou várias) marca (s) ou simplesmente se deseja aumentar a força de suas publicações, uma dica é utilizar hashtags com palavras-chave e de acordo com o conteúdo de sua postagens .

    Preferencialmente, existem algumas hashtags tradicionais e listadas abaixo que possuem um alto índice de uso e busca, proporcionando um aumento de visualizações em curto espaço de tempo.

    #follow
    #like
    #hashtag
    #like4like
    #me
    #instagrammers
    #instafollow
    Etc.

    Entretanto, é preciso considerar que as hashtags citadas acima tem a desvantagem de não proporcionar a conquista de público segmentado.

    🔥 Ah, lembre-se sempre de que as palavras-chave usadas devem ser precedidas do símbolo # do lado esquerdo e de preferência palavras curtas🔥.

    Ainda, você sabia que é possível seguir pessoas a partir das hashtags, no @instagram? Sim, é perfeitamente possível. Quem quiser aprender como fazer, deixe um comentário abaixo 😊.

    Espalhe por ai:
  • A importância do Copywriting

    Fundamental que, antes da veiculação do seu conteúdo, seja feita uma revisão do copywriting adotado.

    Para quem desconhece o termo, copywriting significa a redação de marketing. São os textos usados para o fechamento da conversão de vendas, em Marketing de Conteúdo, normalmente embasado nos dados de marketing e preenchido com gatilhos mentais.

    #lovemkt #mkt #gatilhosmentais #técnicas #mktdeconteúdo #inboundmkt #marketing

    Espalhe por ai:
  • Viber e Telegram discutem no Twitter e quem leva a melhor é a Samsung

    Você já imaginou se duas empresas / app’s de comunição resolvem discutir dentro de uma outra rede social? Pois foi ustamente o que ocorreu no dia 26 de fevereiro.  Após as pendengas judiciais envolvendo o bloqueio do Whatsapp no Brasil, o concorrente Viber usou o Twitter para comunicar postagem com ataque direto ao rival e também a um outro serviço, o Telegram. Claro que, tão rápido quanto pólvora, a mensagem foi compartilhada por vários usuários do Twitter e tão logo na sequência o Telegram respondeu, iniciando assim um “bate-boca” através da rede social. O mais curioso ainda foi que, ao final, uma outra empresa – Samsung – entrou na conversa e fechou o assunto com maestria. Ponto positivo para a Samsung!

    “Whatsapp pode ser bloqueado e Telegram cheio de problemas de segurança. Baixe o Viber e continue trocando msgs!”, dizia a mensagem. O Telegram rebateu. “Tenha mais cuidado ao twittar. Não é bom espalhar falsos boatos para obter usuários. Tente ter grandes recursos em vez disso. ;)”. Fonte: Adnews/ Twitter.

    Analisando o caso com um viés mais conservador e ponderado, penso que o Viber poderia ter evitado a citação direta das empresas concorrentes, sem deixar de aproveitar o ensejo para massificar seus principais pontos fortes.

    Confira abaixo a “troca de gentilezas” entre Viber e Telegram e a finalização mata leão da Samsung:

    Viber e Telegram discutem no Twitter e quem leva a melhor é a Samsung

    Viber e Telegram discutem no Twitter e quem leva a melhor é a Samsung1

    Viber e Telegram discutem no Twitter e quem leva a melhor é a Samsung2

    Espalhe por ai:
  • As possiblidades nas mídias sociais conforme o comportamento do consumidor

    É só chegar o fim de cada ano para nos depararmos com diversos balanços, relatórios e demais retrospectivas dos fatos e acontecimentos ao decorrer do ano que passou. Isso para a área de marketing é muito importante, pois, se tratando de comportamento, é possível enxergar nos hábitos e números possibilidades a serem exploradas no novo ano que irá chegar.

    Se tratando de mídias sociais, plataformas em que a chance de conhecer e se aproximar do consumidor são oferecidas, a Nielsen divulgou nesta semana o estudo State of the Media: The Social Media Report 2012, um balanço do comportamento dos usuários na internet.

    Um dado curioso é que pessoas estão passando mais tempo nas mídias sociais, cerca de 20% do tempo quando estão em um desktop e 30% no mobile. Nota-se que a rede social está mais “móvel”, já que a audiência em celulares cresceu mais de 80%, enquanto em desktops houve uma queda de 4%.

    Outro fato interessante é que, no mês de julho, o tempo na rede, utilizando computadores, smartphones e tablets, chegou a 121 bilhões de minutos. O número é 37% maior se comparado a julho de 2011, quando foram gastos 88 bilhões de minutos.

    Ficou curioso para saber mais e ver onde há possibilidades de ganhar seu consumidor nas mídias sociais? Então veja e faça o download completo do estudo: http://bit.ly/Nielsen-SMReport2012.

    A pesquisa foi feita com 28 mil consumidores com acesso à Internet em 51 países na Ásia-Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio, África e América do Norte. Fonte: Nielsen Brasil / Twitter: @nielsenbr

    Espalhe por ai: