• Redes sociais e flash mobs

    Olha só como minha amiga Caroline Pinheiro mandou bem na entrevista que concedeu ao programa Boa Tarde Mulher da Rede Amazon Sat, com apresentação de Nyrlene Pamplona .  O tema abordado foi “Redes Sociais e flash mobs”, no qual a Carol tem bastante experiência e desenvoltura.

    Confira o vídeo com a entrevista:

    Espalhe por ai:
  • Bastidores de um programa de TV

    Um programa de TV é uma produção artística, cultural e informativa, podendo ser focado em áreas jornalística(s), esportiva, de entretenimento, dentre outras. Para sua realização (planejamento, produção, execução e veiculação) são necessários o emprego de vários profissionais em diversas áreas, tais como: eletricista, limpeza, marceneiro, cenógrafo, coreógrafos, dançarino(a)s, apresentador(a), cameraman, caboman, editor(a), diretor(a), contra-regra, maquiador(a), figurinista, iluminador(a), técnico de áudio, e etc. Todas as atividades que precedem o início e também durante mas que oferecem suporte para a realização do programa são chamadas de atividades de backstage, ou bastidores.

    Em verdade, o que os telespectadores assistem em seus aparelhos receptores (TV) é o produto final editado e modelado dentro de um espaço e tempo, ou seja, muitas outras coisas estão acontecendo ao redor mas não são projetadas ao expectador. Esse “mundo da fantasia” reproduz a visão do mundo perfeito, colorido e até mesmo narcisista. É um espetáculo onde o riso ou choro se dá de forma plástica, diferentemente das artes circenses ou do teatro em sua definição mais abrangente.

    Soma-se ainda a força midiática que possui a televisão em nosso país e grande magia de suscitar sonhos alimentados pela esperança humana. Praticamente é uma combinação perfeita, respaldado em mais de 60 anos de convivência cotidiana com o brasileiro. Abaixo, observe um pouco dos bastidores do programa dominical Domingão do Faustão, Rede Globo. A filmagem mostra momentos que antecedem o início do mesmo e o trabalho das dançarinas em sincronizar o ânimo do público interno (plateia, figurantes) para o evento. Reparem também no estúdio, tamanho de palco, posicionamento de câmeras e as diferenças entre o “mundo perfeito” que assistimos aos domingos.


    Espalhe por ai:
  • Concurso cultural da TV Rá Tim Bum

    Olha que legal o concurso cultural da TV Rá Tim Bum – TV Cultura – criado em comemoração aos 6 anos do canal.

    Clique na imagem para acessar a página com informações sobre o concurso

    É de cultura que o Brasil precisa. Eu apoio a TV Cultura!

    Espalhe por ai:
  • A comunicação social que não está nas sociais mídias


    Quem já passou dos 30 anos provavelmente tenha mais facilidade para se lembrar do nome “Pixote”.  Retratado no filme ‘Pixote – A lei do mais fraco’ (1981), a vida do menino símbolo da violência e delinquência juvenil da década de 80 chocou parte da sociedade pela quantidade de cenas consideradas fortes e superlativas, para a época. Em um período de início da explosão populacional do país em direção aos 120 milhões de habitantes e embates entre jovens e polícia perante a ditadura militar ora instalada e os problemas sociais em crescimento, tais como a delinquência juvenil, o filme de (BABENCO, Hector,1981) apresentou à sociedade uma vertente bem diferente do que costumava ser transmitida nas redes de TV. É fato que a violência é usada as vezes como acumulus notícia pela imprensa e mídias em geral, ou seja, a um fato, aumenta-se outro fato, porém é mister que,  trata-se de problema social, econômico, saúde e de valores morais. Fazendo um paralelo com o mundo de “Pixote” e o mundo atual, vivemos em um momento de indefinição de nossos valores morais, com jovens incautos sendo pais e mães de famílias, que serão alimentadas por valores distorcidos pelos interesses escusos.

    Outro porém é o fato de, depois de Pixote, outros “Pixotes” vieram e ainda outros virão, sem a sociedade ter conseguido consertar nossa delinquência juvenil. Infelizmente somos perdedores nesse quesito e mero espectadores inseridos em uma vida individualista, onde a comunicação social existe, mas a reação social é insuficiente.

    Espalhe por ai:
  • Como se produz uma TV de plasma?

    Apesar da tecnologia ter sido praticamente substituída pela melhor relação custo x benefício do LCD (liquid crystal display), muito gente não sabe como se produz uma TV de plasma.

    Conforme informação no  Wikipédia “em Física, o plasma é denominado o quarto estado da matéria. Difere-se dos sólidos, líquidos e gasosos por ser um gás ionizado, constituídos por átomos ionizados e elétrons em uma distribuição quase-neutra (concentrações de íons positivos e negativos praticamente iguais) que possuem comportamento coletivo. A pequena diferença de cargas torna o plasma eletricamente condutível, fazendo com que ele tenha uma forte resposta a campos eletromagnéticos“.

    Como se produz uma TV de plasma from avemarketing on Vimeo.


    Espalhe por ai: